Corante

Um corante alimentar é qualquer substância adicionada ao alimento com a finalidade de modificar sua cor. Pode ser usado tanto industrialmente quanto na culinária, como é o caso do colorau, corante natural produzido a partir da semente de urucum.

Alguns corantes são naturais (derivado de plantas, animais e até minérios), como a cúrcuma, a páprica, o beta-caroteno e a clorofila.

Já, os artificiais, são sintetizados por meio de derivados do petróleo ou por meio do alcatrão de carvão. Eles conferem cores mais vívidas e atrativas para os alimentos que os corantes naturais, mas seus efeitos no organismo a curto, médio e longo prazo podem ser devastadores.

Podem desencadear alergias, irritação estomacal, piora do funcionamento intestinal, asma, urticárias e até predisposição para alguns tipos de câncer.

Mesmo para os corantes naturais deve-se ter muita atenção. O corante caramelo, que é obtido simplesmente pelo aquecimento de açúcares a altas temperaturas, também pode ser produzido a partir da utilização de amônia e sulfitos, o chamado caramelo IV. E estas substâncias são possivelmente cancerígenas.

Dados todos os malefícios que os corantes artificiais podem causa ao nosso corpo, o melhor mesmo é não incluirmos alimentos com corante na nossa dieta alimentar !